Thursday, December 3, 2009

ADN alemão, berço sul americano



A Volkswagen está a diversificar a sua gama em todos os segmentos. Já não é o carro do povo, como foi inicialmente criada, mas sim uma marca com uma gama bem diversa. Desde o acessível Fox até ao seu porta estandarte Phaeton, a Volkswagen atingiu todos os segmentos e agora ataca o único onde não está representada, nas Pick-ups.

Mas isso acabou, e após uns concept cars, heis que são desvendadas as fotos do seu novo bébé, o Amarok.
Esta pick-up vai estar disponível no início de 2010 apenas na versão de cabine dupla, seguida do modelo de cabine simples somente em 2011.

Esteticamente apresenta um design muito agradável, indo buscar o ADN estilístico aos mais recentes produtos da marca. Transmite uma sensação de robustez, e como se espera por parte do construtor de Wolfsburg, bem apetrechada a nível tecnológico, excelentes motores e elevado conforto, qualidade e durabilidade.

A produção está prestes a começar na fábrica da Volkswagen em Buenos Aires, Argentina, e daí será exportada para todo o mundo, estando prevista a sua chegada aos mercados da América do Sul no início de 2010 e à Europa no verão.

A capacidade de carga útil é até 1,15 toneladas e o limite máximo de reboque é de 2,8 toneladas. Apresenta uma área de 2,52 m2 de carga, a maior da sua classe com 1.555 milímetros de comprimento e 1.620 milímetros de largura e espaço entre os arcos das rodas de 1.222 milímetros. Pela primeira vez numa pick-up média será possível transportar euro paletes de lado, economizando espaço.
Com 5,25 metros de comprimento, com um chassis de escada terá tracção traseira ou comutáveis ou permanente 4motion 4X4.

A tracção total às quatro rodas é uma raridade no segmento, e usa um diferencial Torsen para distribuir a tracção na proporção 40:60. O bloqueio do diferencial traseiro está disponível.
Debaixo do capot estarão disponíveis duas opções ao nível das motorizações. Trata-se do já conhecido bloco 2,0 litros TDI common rail com uma versão de 163 cv e um binário de 400 Nm às 1500 rpm ou com 122 cv e um binário de 340 Nm às 2000 rpm, ambos acoplados a uma caixa de 6 velocidades.
A Volkswagen aponta como principais mercados do Amarok a América do Sul, África do Sul e Austrália, dado que devido à versatilidade das pick-ups são mais procuradas nessas regiões. Contudo, também é esperado tornar-se num sucesso de vendas na Europa.


Cá a esperamos...

No comments:

Post a Comment

Post a Comment